NOVIDADE

Copa do Mundo e Turismo: a movimentação econômica, social e cultural

05

Fev

2014


Por Luiza Lourenço
E-mail: luiza.lourenco@gestaoesporte.com

 

A realização da Copa do Mundo movimenta diversos setores, entre eles, o Turismo, que tem ligação direta com a prática esportiva, envolvendo fatores não só econômicos como sociais e também culturais. Eventos desse gênero promovem o interesse dos estrangeiros e, estando o Brasil na rota de muitos turistas no período entre 2014 e 2016, a exploração do ramo turístico é perceptível.


Como já abordado no portal (clique aqui), a realização de Megaeventos esportivos representa uma oportunidade para o país sede externar a imagem que pretende constituir no imaginário dos turistas e estrangeiros. Nessa construção simbólica, estão inseridas estratégias que envolvem desde áreas da comunicação (que buscam propagar informações e características do local e do povo) até a criação de demandas no comércio (vendas de produtos e costumes locais, de produtos específicos dos eventos, entre outros).


Nos preparativos para o recebimento dos eventos esportivos, questões relacionadas à infraestrutura também se tornam relevantes, à medida que devem ser oferecidos ao público condições para acomodação, deslocamento e alimentação. Enxergando o potencial turístico que envolve as colocações citadas aqui, organizações e população local se movimentam para se inserirem nesse mercado e os efeitos já são sentidos em vários segmentos da economia, principalmente no setor de locação imobiliária.
Há quatro meses antes do início da Copa do Mundo, imóveis em localidades próximas aos estádios ou em bairros mais conhecidos das cidades sedes apresentam aumento de 20% até 70% nas mensalidades. Casas e apartamentos são oferecidos em site com valores que podem ultrapassar R$100 mil reais por mês. Segundo reportagem do oglobo.com, o número de buscas e de contratos firmados para o período da Copa quintuplicou.


Inserido na Gestão do Esporte, o Turismo não pode ser encarado apenas como uma oportunidade para a geração de lucros. Segundo Reginaldo Carneiro (2000), quando o Turismo se aproxima de uma atividade econômica é necessário investimento na profissionalização por meio da segmentação da atividade. Dessa maneira, os gestores devem se relacionar com profissionais qualificados e entender o setor como o conjunto de práticas que envolvem os serviços e bens destinados aos turistas.


Ainda de acordo com Reginaldo Carneiro (2000), "o turismo tem as condições necessárias e suficientes para a promoção do desenvolvimento autossustentado de uma cidade e, quando devidamente planejado, conduz a sociedade ao uso pleno de seus recursos econômicos". Cabe então uma reflexão. Será que os recursos e oportunidades estão sendo aproveitados de maneira eficiente a construir uma identidade positiva e promover o turismo de maneira saudável no Brasil? Os altos preços não poderiam ser prejudiciais ao evento e repelir ao invés de estimular as vendas? Qual é a sua opinião, leitor?

 


Fonte imagens:


esportes.terra.com.br


Selos comemorativos Copa: placar.abril.com.br

 

Referência bibliográfica e fontes de pesquisa:


CARNEIRO, Reginaldo Aparecido. Identificação dos comportamentos do turista de eventos esportivos a partir de uma análise dos critérios para avaliação dos serviços turísticos na cidade de Maringá. Dissertação de mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2000. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/bitstream/handle/123456789/78954/178602.pdf?sequence=1

 

http://oglobo.globo.com/economia/imoveis/passou-do-teto-voce-pagaria-450-mil-para-se-hospedar-por-30-dias-no-rio-durante-copa-11389993

 

http://www.edelman.com.br/post/o-impacto-da-copa-do-mundo-na-economia-brasileira/

 

 


COMENTE ESSA NOVIDADE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
A Gestão do Esporte na Fábrica de Atletas
A Gestão do Esporte na Fábrica de Atletas
O caminho até os Jogos Olímpicos: considerações sobre legados esportivos
O caminho até os Jogos Olímpicos: considerações sobre legados esportivos
Aspectos do Comportamento Motor: por que o gestor deve estar atento a isto?
Aspectos do Comportamento Motor: por que o gestor deve estar atento a isto?
A questão estrutural que envolve a relação entre as entidades esportivas
A questão estrutural que envolve a relação entre as entidades esportivas
GALERIA

Conheça os Profissionais GestãoEsporte.com

PUBLICAÇÕES
publicado em 29 de junho de 2014
Vol. 4, No 1 (2014) Revista Intercontinental de Gestão Desportiva<< Leia mais >>
publicado em 21 de maio de 2014
Vol. 4 (2014) Suplemento 1: I Congresso Internacional de Responsabilidad Social y Corporativa y Gestión Deportiva<< Leia mais >>
publicado em 23 de janeiro de 2014
Vol. 3 (2013) Suplemento 2: XIV Congresso APOGESD - Da Liderança à Inovação: O Papel do Gestor Desportivo<< Leia mais >>
publicado em 23 de janeiro de 2014
Vol. 3 (2013) Suplemento 1: V Cong. Brasileiro sobre Gestão do Esporte - Gestão do Esporte no Brasil: Vicissitudes, Limites e Formação<< Leia mais >>
Gestão Esporte :: O seu ambiente virtual para discussões esportivas :: Juiz de Fora - MG

(32) 9801-0111

(32) 8707-6229