NOVIDADE

A importância da geografia do esporte na escolha das bases das seleções para Copa do Mundo

09

Fev

2014



Por Roney Testa

E-mail: roneyat@hotmail.com



A quatro meses do início da Copa do Mundo de futebol, que será disputada pela segunda vez na história no Brasil, sendo a primeira em 1950 e 36 anos depois na América do Sul, sendo a última em 1978 na Argentina, as trinta e duas seleções classificadas para o torneio já decidiram suas bases durante a estadia no país. O critério da escolha das sedes não foi baseado somente na infraestrutura, mas também sua localização estratégica. Porém algumas seleções sofrerão grandes desgastes em viagens. Desta forma torna-se cada dia mais importante a utilização da geografia do esporte.



A geografia do esporte tem se tornado um estudo cada vez mais aprofundado e consiste essencialmente no estudo da dimensão espacial da atividade esportiva. Sua fundamentação parte do pressuposto de que para se realizar a prática esportiva necessita de lugares apropriados, criados de acordo com os princípios, regras e aspirações de cada modalidade. As instalações esportivas tornam-se fundamentais para uma preparação adequada das equipes, não só os estádios, ginásios, entre outros, mas também os alojamentos, hotéis, ou seja, a logística de uma maneira geral, que pode afetar de maneira positiva ou negativa o rendimento de uma equipe ou um atleta.



Consideramos também que os grandes eventos esportivos geram volumosos fluxos, articulando uma área de influência em torno das cidades onde se realizam. Desta forma, exige todo um planejamento que pesa diversas variáveis que vão de questões socioculturais à ordens climáticas e temática tem a característica de estudar e planejar todas essas nuances, reunindo um conjunto de informações e análises direcionadas à este contexto. Nesta Copa, o clima e uma posição geográfica central têm peso crucial na decisão de escolha.



Das trinta e duas seleções que virão ao Brasil para disputa da Copa, quinze ficarão no estado de São Paulo, sete delas somente na região de Campinas. A justificativa se deve à proximidade dos aeroportos, entre eles o de Viracopos. Os outros estados que receberão pelo menos uma seleção serão: Alagoas, Sergipe, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul. Poucas bases foram escolhidas pelo apelo turístico internacional com exceção do Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu e Porto Seguro.



Dentre as cidades que receberão partidas, somente as cidades de Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo vão abrigar seleções. Cinco Estados (Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Amazonas e Mato Grosso) e o Distrito Federal receberão jogos, mas não foram escolhidos por nenhuma seleção como base de treinamentos durante a Copa. A cidade de Natal, por exemplo, que sediará partidas do torneio não abrigará nenhuma seleção, devido à falta de privacidade do Estádio Frasqueirão, escolhido pela cidade para ser o Centro de Treinamento, devido aos prédios que cercam o estádio. Outro centro preterido foi a cidade de Goiânia, mesmo estando próximo a importantes sedes como Brasília e na rota de Manaus e do Nordeste, e além de ter três opções de centros de treinamentos, não foi escolhida por nenhuma seleção.



Como já fora citado, a região de Campinas será a que mais receberá seleções. A França vai para Ribeirão Preto, Japão e Rússia para Itu, Portugal e Nigéria para Campinas, Águas de Lindóia receberá a Costa do Marfim, Honduras para Porto Feliz e a Argélia se abrigará em Sorocaba. A escolha por esta região por Portugal, por exemplo, se deve além da proximidade de Viracopos, a qualidade do hotel e a eficiência do atendimento, fatores que foram primordiais mesmo a seleção portuguesa tendo que encarar grandes viagens, algo em torno de 9.834 quilômetros, tendo que atuar em cidades como Salvador, Manaus e Brasília.



Algumas seleções serão castigadas por longas viagens, a principal delas são os Estados Unidos, que percorrerão a maior distância de todas elas, apenas na primeira fase. Vale lembrar que a escolha pela sede foi antes do sorteio dos jogos. A seleção mexicana sofrerá tanto quanto os americanos,  poderia muito bem ter escolhido alguma sede no Nordeste, mas optou pela cidade de Santos, em São Paulo, devido toda a estrutura e a possibilidade de voos privados. A Itália também está entre as seleções com mais milhas pra gastar. Os italianos ficarão em Mangaratiba, no estado do Rio de Janeiro, na Portobello Safari Resort, com 152 quartos separados em três setores e vista para o oceano Atlântico. A estratégia foi buscar uma localização mais privada possível. Outra importante seleção a se hospedar no Rio Janeiro é a atual vice-campeã mundial, a Holanda, que ficará no Ceasar Park Ipanema, e fará seus treinamentos na Gávea, sede do Clube de Regatas do Flamengo, em função da proximidade do hotel.



Se algumas seleções viajarão muito, outras farão um pouco menos de esforço, é o caso da Bélgica, que será a seleção que menos viajará na primeira fase. A atual campeã mundial, Espanha também terá uma primeira fase tranquila, no que diz respeito à logística, sendo a sexta seleção que menos se deslocará na fase inicial da Copa. Os "Hermanos" argentinos também usaram de um bom planejamento geográfico. Escolheram como base o Centro de Treinamentos do Atlético Mineiro em Belo Horizonte, cidade onde fará um dos jogos da primeira fase.



A escolha de Belo Horizonte pela Argentina por sinal, deve-se não só a localização geográfica da capital mineira, bem privilegiada pela centralização e pela proximidade do Rio de Janeiro e São Paulo, mas fundamentalmente pela estrutura da Cidade do Galo, um dos mais modernos do país, a estrutura oferece mais de 250 mil metros quadrados, com quatro campos e o hotel com vinte suítes. Buscando as mesmas características, o Chile escolheu a Toca do Raposa II, centro de Treinamento do Cruzeiro, tão bem estruturado quanto do rival Atlético. Já o Brasil optou pela conhecida Granja Comary em Teresópolis, estado do Rio de Janeiro, que está a 90 km do aeroporto do Galeão.



A Alemanha foi a que mais surpreendeu em sua escolha, os alemães que vão jogar a primeira fase em Salvador, Fortaleza e Recife, decidiram construir seu próprio centro de treinamentos na Vila de Santo André, distrito de Santa Cruz Cabrália, a 20 quilômetros de Porto seguro, e a 15 do aeroporto da região. "Percebemos na Copa de 2010 que distâncias curtas entre nosso quartel general, campos de treino e centro de imprensa são cruciais para todos envolvidos", declarou Oliver Bierhoff, ex-atacante da seleção e atual diretor da federação local, ele disse também que é importante para equipe minimizar o cansaço causado por viagens por causa do tamanho do Brasil. Vale destacar que o condomínio onde se localiza a Vila de Santo André é propriedade de um alemão e será comercializado após a Copa do Mundo. A rusticidade e a dificuldade de acesso ao local foram pontos destacados pela comissão alemã.



Abaixo as bases das trinta e duas seleções e as cidades que farão partidas na primeira fase:



País

Base Camp

Cidades dos jogos primeira fase

Distância total percorrida

Brasil

Granja Comary, Teresópolis (RJ).

São Paulo, Fortaleza e Brasília.

7.356 Km

Croácia

Tivoli Ecoresort Praia do Forte, Mata de São João (BA)

São Paulo, Manaus e Recife

9.800 Km

México

Hotel Parque Balneário, Santos (SP)

Natal, Fortaleza e Recife

14.040 Km

Camarões

Hotel Sheraton, Vitória (ES)

Natal, Manaus e Brasília

11.018 Km

Espanha

Clube Atlético Paranaense, Curitiba (PR)

Salvador, Rio de Janeiro e Curitiba

5.042 Km

Holanda

Ceasar Park Ipanema, Rio de Janeiro (RJ)

Salvador, Porto Alegre e São Paulo

5.496 Km

Chile

San Diego Suítes Pampulha, Belo Horizonte (MG)

Cuiabá, Rio de Janeiro e São Paulo

4.630 Km

Austrália

Hotel Escola Senac Ilha do Boi, Vitória (ES)

Cuiabá, Porto Alegre e Curitiba

8.796 Km

Colômbia

CFA Presidente Laudo Natel (base do São Paulo), Cotia (SP)

Belo Horizonte, Brasília e Cuiabá

5.350 Km

Grécia

Hotel Radisson Aracaju, Aracaju (SE)

Belo Horizonte, Natal e Fortaleza

5300 Km

Costa do Marfim

Oscar Inn Hotel Resort, Águas de Lindóia (SP)

Recife, Brasília e Fortaleza

11.240 Km

Japão

Spa Sport Resort, Itu (SP)

Recife, Natal e Cuiabá

11.512 Km

Uruguai

JN Resort, Sete Lagoas (MG

Fortaleza, São Paulo e Natal

8.534 Km

Costa Rica

Mercure Santos, Santos (SP)

Fortaleza, Recife e Belo Horizonte

10.472 Km

Inglaterra

Royal Tulip Hotel, Rio de Janeiro (RJ)

Manaus, São Paulo e Belo Horizonte

7.190 Km

Itália

Portobello Resort & Safari, Mangaratiba (RJ)

Manaus, Recife e Natal

14.126 Km

Suiça

Resort La Torre, Porto Seguro (BA)

Brasília, Salvador e Manaus

8.854 Km

Equador

Hotel Vila Ventura, Viamão (RS)

Brasília, Curitiba e Rio de Janeiro

6.660 Km

França

Hotel JP, RIbeirão Preto (SP)

Porto Alegre, Salvador e Rio de Janeiro

5.858 Km

Honduras

Hotel Transamérica, Porto Feliz (SP)

Porto Alegre, Curitiba e Manaus

8.040 Km

Argentina

Cidade do Galo (CT do Atlético Mineiro), Vespasiano (MG)

Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre

3.544 Km

Bósnia-Herzegovina

Casa Grande Hotel Resort & Spa, Guarujá (SP)

Rio de Janeiro, Cuiabá e Salvador

6.924 Km

Irã

Hotel Ceasar Park Business, Guarulhos (SP)

Curitiba, Belo Horizonte e Salvador

4.592 Km

Nigéria

Vitória Hotel Concept, Campinas (SP)

Curitiba, Cuiabá e Porto Alegre

5.038 Km

Alemanha

Campo Bahia, Santa Cruz Cabrália (BA)

Salvador, Recife e Natal

5.835 Km

Portugal

The Palms Hotel, Campinas (SP)

Salvador, Manaus e Brasília

9.834 Km

Gana

Radisson Hotel Maceió, Maceió (AL)

Natal, Fortaleza e Brasília

5.342 Km

EUA

Hotel Tivoli São Paulo Mofarrej, São Paulo (SP)

Natal, Manaus e Recife

14.326 Km

Bélgica

Paradise Golf & Lake Resort, Mogi das Cruzes (SP)

Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo

1.984 Km

Argélia

Hotel Pitangueiras, Sorocaba (SP)

Belo Horizonte, Porto Alegre e Curitiba

3.992 Km

Rússia

San Raphael Country Hotel, Itu (SP)

Cuiabá, Rio de Janeiro e Curitiba

4.304 Km

Coréia do Sul

Foz do Iguaçu (PR)

Cuiabá, Porto Alegre e São Paulo

5.152 Km




Para reflexão:



A quilometragem total que todas as seleções percorrerão juntas durante a Copa chegará em torno de 240.182 Km, em nenhuma outra Copa do Mundo uma seleção viajou tanto quanto na edição deste ano no Brasil. Até mesmo na Copa dos Estados Unidos em 1994, se compararmos as dimensões continentais, não tivemos um número tão alto. Essa questão trará grandes desafios às equipes.



Com relação aos Estados Unidos, seleção mais prejudicada, a preocupação existe, mas não é tratada como algo de "tirar o sono". Como a escolha da sede foi feita antes do sorteio dos jogos, os americanos não tiveram como prever estrategicamente uma melhor escolha, acabou optando em ficar em São Paulo, capital, e treinar no Centro de treinamento do São Paulo, na Barra Funda, em função da excelente estrutura. Para o técnico do time americano, o alemão Jurgen Klinsmann, as longas viagens e o forte calor não são serão tão problemáticos, pois os atletas estão acostumados com essas condições nos Estados Unidos, mas mesmo assim buscarão soluções para minimizar os efeitos, como por exemplo não retornar para São Paulo logo após as partidas, mantendo a equipe mais próxima das sedes dos jogos.



Em contrapartida, técnicos de outras seleções como o do selecionado inglês Roy Hodgson, reclamou bastante da logística e das extremas mudanças de clima de um estado para o outro, o fato de jogar em Manaus deixou o técnico inglês bastante preocupado por exemplo. Para o técnico da seleção de Honduras será terrível para sua equipe ter que se deslocar de Curitiba para Manaus para realização de uma das partidas do time hondurenho na primeira fase. Para o treinador da equipe alemã, Joachim Loew, o que mais preocupa é o calor, pois seu time fará as três partidas na primeira fase nas regiões Norte e Nordeste.



Por fim, a grande preocupação das seleções, sem dúvida, estão em torno do forte desgaste que os atletas poderão sofrer durante as partidas, devido às longas viagens e as mudanças bruscas de temperaturas. Uma preparação devidamente adequada deverá ser feita, para que os atletas possam desempenhar em campo todo o potencial, para que os jogos da Copa sejam verdadeiros espetáculos.




Fonte Imagens



https://bay175.mail.live.com/att/GetAttachment.aspx?tnail=22&messageId=28fe1ef1-8ffc-11e3-9639-001e0bcbe7cc&Aux=44|0|8D0F22012FB3C10||0|0|0|0||&cid=667f2da9e98c1e25&maxwidth=220&maxheight=160&size=Att&blob=MjJ8SWx1c3RyYcOnw6NvIG1hdMOpcmlhIDIuanBnfGltYWdlL2pwZWc_3d





Referências Bibliográficas e Fontes de Pesquisa:



http://www.lancenet.com.br/copa-do-mundo/aprovadas-Alemanha-construir-CT-Bahia_0_1046895360.html#ixzz2sq8tonNI


http://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2013/12/13/alemanha-confirma-que-ficara-na-bahia-durante-a-copa-de-2014.htm


http://www.ahistoria.com.br/geografia-do-esporte/


http://www.olhardireto.com.br/copa/noticias/exibir.asp?

noticia=EUA_Mexico_e_Italia_darao_volta_ao_mundo_na_1_fase_da_Copa&edt=15&id=6592


http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,eua-serao-os-mais-castigados-com-as-viagens-na-copa-2014,1116729,0.htm


http://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2013/10/24/escolha-da-argentina-confirma-bh-como-alvo-de-grandes-selecoes-no-mundial.htm


http://www.viajenaviagem.com/2014/01/copa-2014-onde-vao-ficar-baseadas-as-32-selecoes/


http://portalnoar.com/falta-de-privacidade-resultou-na-nao-escolha-de-natal-como-ct-para-copa/


http://veja.abril.com.br/noticia/esporte/definidas-as-cidades-que-abrigarao-selecoes-na-copa


http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2014/01/cidades-brasileiras-se-preparam-para-receber-selecoes-na-copa-de-2014.html


http://globoesporte.globo.com/futebol/copa-do-mundo/noticia/2014/01/selecoes-devem-viajar-mais-de-240-mil-km-durante-primeira-fase-da-copa.html


http://br.reuters.com/article/sportsNews/idBRSPE9B509Y20131206?pageNumber=2&virtualBrandChannel=0

 


COMENTE ESSA NOVIDADE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
A Gestão do Esporte na Fábrica de Atletas
A Gestão do Esporte na Fábrica de Atletas
O caminho até os Jogos Olímpicos: considerações sobre legados esportivos
O caminho até os Jogos Olímpicos: considerações sobre legados esportivos
Aspectos do Comportamento Motor: por que o gestor deve estar atento a isto?
Aspectos do Comportamento Motor: por que o gestor deve estar atento a isto?
A questão estrutural que envolve a relação entre as entidades esportivas
A questão estrutural que envolve a relação entre as entidades esportivas
GALERIA

Conheça os Profissionais GestãoEsporte.com

PUBLICAÇÕES
publicado em 29 de junho de 2014
Vol. 4, No 1 (2014) Revista Intercontinental de Gestão Desportiva<< Leia mais >>
publicado em 21 de maio de 2014
Vol. 4 (2014) Suplemento 1: I Congresso Internacional de Responsabilidad Social y Corporativa y Gestión Deportiva<< Leia mais >>
publicado em 23 de janeiro de 2014
Vol. 3 (2013) Suplemento 2: XIV Congresso APOGESD - Da Liderança à Inovação: O Papel do Gestor Desportivo<< Leia mais >>
publicado em 23 de janeiro de 2014
Vol. 3 (2013) Suplemento 1: V Cong. Brasileiro sobre Gestão do Esporte - Gestão do Esporte no Brasil: Vicissitudes, Limites e Formação<< Leia mais >>
Gestão Esporte :: O seu ambiente virtual para discussões esportivas :: Juiz de Fora - MG

(32) 9801-0111

(32) 8707-6229